Arquivo

Archive for the ‘SharePoint’ Category

Inovecast: Certificação SharePoint 2010

Inove InformáticaNesse mês de Abril, participei do Inovecast, Podcast da Inove Informática, falando um pouco sobre a nova série de certificações para a plataforma SharePoint 2010, juntamente com o Ronaldo Silva que trabalha comigo na Inove.

No podcast, apresentamos os temas mais abordados na certificação 70-573: Microsoft SharePoint 2010, Aplication Development

 

Caso não consiga ouvir o podcast, tente aqui.

Categorias:.NET, SharePoint

Exibir menu QuickLaunch em WebPartPages

Aqui vai uma dica SharePoint rápida.

Quando criamos no SharePoint 2010 uma WebPartPage, uma página que contém WebPartZones (containers para WebParts), o menu QuickLaunch, Menu de Início Rápido em Português, não é exibido.

QuickLaunch menu

Para habilitá-lo nesse tipo de página basta apenas seguir esses 3 passos:

  1. Abrir a página no SharePoint Designer 2010;
  2. Remover o trecho de código:
    <SharePoint:UIVersionedContent ID="WebPartPageHideQLStyles" UIVersion="4"runat="server">
    <ContentTemplate> 
    body #s4-leftpanel {
    display:none;
    }
    .s4-ca {
    margin-left:0px;
    }
    </style>
    </ContentTemplate>
    </SharePoint:UIVersionedContent>
  3. Remover o place holder:
  4. <asp:Content ContentPlaceHolderId="PlaceHolderLeftNavBar" runat="server"></asp:Content>

Categorias:SharePoint

SharePoint Disposable Pattern

DisposeMemory Alguns objetos do SharePoint implementam a interface IDisposable, para facilitar a liberação de memória. Mas por que, você deve estar se perguntando, precisamos nos preocupar com a memória se o Garbage Collector faz o “trabalho sujo” por nós?

Objetos como SPWeb e SPSite utilizam tanto código gerenciado como código não gerenciado. Dessa forma, o Garbage Collector cuida da memória utilizada pela parte gerenciada do código. O problema é que a porção não gerenciada do código utilizada por esses objetos é muito maior que a porção gerenciada. Assim é preciso que liberemos essa parte da memória para evitar problemas maiores, os memory leaks.

O método Dispose da IDisposable libera a memória (gerenciada e não gerenciada) associada àquele objeto. Após a chamada desse método o objeto fica inutilizado e qualquer referência feita a ele causa um erro.

Você agora deve estar pensando: “Ok, eu já sei por que utilizar o método Dispose. Mas em que situações eu vou precisar chamá-lo?”

De maneira geral, sempre que você instancia um objeto SPWeb ou SPSite usando a palavra chave new em seu código você precisará usar o método Dispose. Por exemplo:

SPSite site = new SPSite(“http://site”);

Por outro lado, objetos retornados por SPContext.Current.Web, SPContext.Current.Site, SPContext.Web, SPContext.Site não devem chamar o método Dispose no seu código.

A ferramenta SharePoint Dispose Check ajuda o desenvolvedor a saber quando é preciso usar esse método. Ela pode ser encontrada em http://code.msdn.microsoft.com/SPDisposeCheck.

Caso você queira saber mais sobre o assunto, leia o artigo “Best Practices: Using Disposable Windows SharePoint Services Objects” em http://msdn.microsoft.com/en-us/library/aa973248.aspx.

Categorias:.NET, SharePoint